Pesquisa

Uma em cada três mulheres tem osteoporose em todo o mundo

Tainah Medeiros

Segundo levantamento da IOF (Fundação Internacional de Osteoporose, em tradução livre), a osteoporose afeta uma em cada três mulheres com mais de 50 anos em todo o mundo, fora as muitas que desconhecem a existência da doença. O problema se caracteriza pela perda de massa óssea e deterioração esquelética, o que deixa os ossos mais frágeis e suscetíveis a fraturas.

FMUSP seleciona voluntárias com osteopenia para pesquisa
* Osteoporose em homens

Como é uma doença que se mantém silenciosa e não causa dor, geralmente só é identificada após a primeira fratura, mesmo sendo possível diagnosticá-la precocemente por meio do exame de densitometria óssea. Porém, de acordo com o levantamento, apenas 39% das mulheres com 45 anos ou mais já se submeteram ao exame. Desse número, 37% o fez somente uma vez.

Para o Dr. Marcelo Pinheiro, diretor da Abrasso (Associação Brasileira de Avaliação Óssea e Osteometabolismo), o baixo número de adesão ao exame é reflexo da falta de preocupação com a doença e de orientação por parte dos médicos. “É preciso fazer esse exame na mesma frequência que os preventivos ginecológicos. Falta uma campanha incentivando o diagnóstico precoce da doença e, principalmente, uma preocupação maior vinda dos próprios médicos”.

O ideal é que a densitometria óssea seja realizada anualmente a partir dos 40 anos, principalmente pelas mulheres que começam a entrar na menopausa — período em que a produção do hormônio estrogênio, responsável pela crescimento de todos os ossos, acaba diminuindo. Apesar de a doença ser mais comum entre os mais velhos, a osteoporose pode afetar pessoas de todas as idades e também do sexo masculino.

Nesta quinta-feira (18/10/2012), a Clínica de Diagnóstico Casa Branca, localizada na zona sul da cidade de São Paulo, vai realizar gratuitamente exames de densitometria óssea para mulheres acima de 65 anos que nunca tenham feito esse exame. Para ser atendida, a mulher deve fazer o agendamento pelo telefone abaixo.

Endereço: R. Comandante Taylor, 507 – Ipiranga (próximo ao metrô Sacomã)
Informações: (11) 2065-2101