Atenção

Campanha de vacinação termina em todo país, exceto em São Paulo

Tainah Medeiros

A campanha de vacinação contra a gripe terminou nesta sexta-feira (01/06/2012) em todo o país, exceto no Estado de São Paulo, onde a campanha vai permanecer até a próxima quarta-feira (06/06/2012).

A ação do Ministério da Saúde, que acontece pela 14ª, encontrou dificuldade para atingir sua meta em 2012.  A campanha estava programada para terminar no dia 25/05/2012 mas, como o objetivo não havia sido atingido, o governo estendeu a iniciativa até essa sexta.

Na região paulista a estimativa do governo ainda não foi alcançada, por isso a campanha ainda continua. Das 5,3 milhões de pessoas que a Secretaria do Estado de São Paulo esperava imunizar, apenas 4,57 milhões foram vacinadas.

A vacina protege contra os três principais vírus que circulam no hemisfério Sul, entre eles o da influenza A (H1N1). Com a suspeita de novos casos da doença no País, a campanha visa reduzir a mortalidade e as internações que ocorrem em consequência das infecções por esse vírus.

Em 2011, quando foram incluídos gestantes, crianças e indígenas no foco da campanha, houve redução de 64,1% no número de mortes por agravamento da influenza A, totalizando 53 óbitos contra 148 no ano anterior. Já o número de casos graves notificados teve redução de 44%, caindo de 9.383 para 5.230.

Os componentes da vacina continuam sendo os mesmos de 2011. Por isso, pais e responsáveis devem estar atentos a uma orientação especial  para a vacinação de crianças de seis meses a dois anos de idade. As que tomaram a vacina em 2011 devem tomar apenas uma dose em 2012.  Já as que serão vacinadas pela primeira vez precisam receber duas doses, com intervalo de 30 dias entre elas.

Atenção: a vacina não é recomendada para quem tem alergia à proteína do ovo, componente utilizado na sua fabricação, ou para quem teve reações adversas a doses recebidas anteriormente. Em casos de doenças neurológicas, agudas e febris, é aconselhável buscar avaliação médica antes de tomar a vacina.