Corpo Humano

Verminoses

verme1_cdcusa_destaque1As verminoses são doenças causadas por diferentes vermes parasitas que se instalam no organismo do hospedeiro. Em geral, eles se alojam nos intestinos, mas podem abrigar-se também em órgãos, como o fígado, pulmões e cérebro.

De acordo com suas características anatômicas, os vermes podem ser divididos em dois grupos diferentes:

1) os nematelmintos, entre eles a lombriga (Ascaris lumbricoides), o ancilostoma (que provoca o amarelão), os oxiúros e as filárias, possuem corpo cilíndrico e liso, com ambas extremidades afuniladas, sistema digestório completo e sexos separados;

2) os platelmintos (as tênias causadoras de doenças como a solitária e a cisticercose e os esquistossomos, por exemplo) possuem corpo achatado e sistema digestório incompleto. Muitos deles são hermafroditas.

As verminoses são doenças democráticas. Acometem ambos os sexos, independentemente da idade e da classe social, nas zonas rurais e urbanas. A transmissão ocorre através da ingestão de água e alimentos contaminados ou através de pequenos ferimentos na pele.

Sintomas

Os principais sintomas das verminoses são dores abdominais, náuseas, vômitos, diarreia, falta de apetite, perda de peso, anemia, problemas respiratórios e, em certas situações,  comprometimento cerebral. No caso específico das lombrigas, a proliferação desses vermes pode formar um novelo compacto e obstruir o intestino ou mesmo a garganta, provocando asfixia e morte.

Diagnóstico

O exame de fezes é fundamental para identificar o tipo de verme causador da doença. Às vezes, pode ser necessário realizar um exame de sangue para avaliar a extensão da enfermidade.

Tratamento

Existem vermífugos específicos para o tratamento das verminoses. Alguns deles são polivalentes, isto é, agem contra diversos tipos de vermes.

Prevenção

Saneamento básico, educação sanitária e hábitos simples de higiene pessoal e familiar são elementos fundamentais para prevenir as verminoses.

Recomendações

Alguns cuidados com a prevenção das verminoses dependem do serviço público. Outros dependem apenas de nós mesmos. Por isso:

* Lave bem e com frequência as mãos, especialmente quando for lidar com alimentos, antes das refeições e depois de usar o banheiro;

* Lave cuidadosamente os alimentos antes de prepará-los, especialmente os que vão ser consumidos crus;

* Procure não andar descalço em lugares em que não conheça as condições de higiene;

* Procure beber apenas água filtrada. Se não for possível, ferva-a antes de beber.