Reumatologia

A articulação da mandíbula

Drauzio Varella

A articulação da mandíbula no osso temporal (ATM) é das que mais trabalha. Basta falar ou mastigar, para que os músculos, tendões, ligamentos e cartilagens que a constituem entrem em atividade. Como consequência do excesso de trabalho, ela pode sofrer traumas, além de apresentar processos inflamatórios, infecciosos, autoimunes e malformações.

Distúrbios da ATM acontecem principalmente em adultos de 20 a 50 anos. Por razões mal conhecidas, as mulheres são atingidas na proporção de 3 a 9 para cada homem, conforme o estudo. Apenas 5% a 10% dos que apresentam sintomas necessitam de tratamento médico; nos demais casos eles regridem espontaneamente.

Os distúrbios que acometem a ATM quase sempre são unilaterais, podem provocar dor craniofacial, assimetria no movimento de abertura da boca e ruído à movimentação.